Newsletter
Receba as nossas novidades na sua caixa de correio.


Descarregue aqui o catálogo da editora em formato pdf.
10%
Não Há Palavras
Autor: Zhang Jie
Colecção: Gradiva

Páginas: 296
Ano de edição: 2010
ISBN: 978-989-616-382-2
Capa: Brochado
15,5 €
13,95 €

Quantidade:
Sinopse
O livro mais premiado da história da República Popular Chinesa, da autora candidata ao Nobel da Literatura
 
Não Há Palavras para exprimir a força de um sentimento que arrasta consigo a alma e muitas vezes a seca ao ponto de a tornar para sempre árida; ou que, pelo contrário, a enche ao ponto de extravasar, apagando a razão. Esse amor inexprimível está aqui, nas páginas deste romance: homens e mulheres à mercê dos sentimentos, que vivem as suas vidas unidos e separados por vicissitudes e paixões -tendo como fundo um país imenso, antiquíssimo, de civilização rica e complexa, que mudou com inaudita rapidez e violência no breve espaço de um século. Não Há Palavras tem a respiração profunda da época que narra -o século XX - e tem o sabor do quotidiano nas suas personagens grandes e pequenas, mesquinhas e verdadeiras,com fraquezas mas também capazes de um extraordinário heroísmo.
 

Este romance é um fresco memorável que remete para a grandeza de Doutor Jivago, de Boris Pasternak: leve e poderoso,surpreende a cada página -um mosaico feito de histórias individuais e colectivas, reconstituído, reconstruído e oferecido à memória e ao futuro.


Autor(es)
ZHANG JIE nasceu em Pequim em 1937. Licenciada em Economia em 1960, trabalhou no âmbito governativo na sua juventude até ao período de desterro forçado no campo em 1969, em plena Revolução Cultural. Regressou a Pequim em 1972, onde ainda reside. É membro honorário da American Academy and Institute of Arts and Letters, e em 1989 ganhou o Prémio Literário Internacional Malaparte. O seu romance Não Há Palavras é o livro de narrativa contemporânea mais premiado da história da República Popular Chinesa.